sábado, 17 de dezembro de 2011

TEC

Mesmo tendo conseguido vários óvulos, o centro de reprodução onde faço o meu tratamento na época tinha um protocolo que só podia ser fecundado 7 óvulos, independente da quantidade captada, e destes 7 óvulos ficaram bons 5 embriões, que foram congelados até que eu me recuperasse do hiperestímulo.
Ao descongelamento sobreviveram 2 embriões que foram transferidos ao meu endométrio com 7 mm de espessura.

Nunca tinha vivido dias tão agoniantes, não imaginei que fosse tão sofrida a espera para o resultado do exame de sangue.
Antes de realizar o tratamento sempre tive a sensação de que não seria na primeira vez que iria dar certo, durante 14 dias algumas vezes tinha a sensação de que já estava grávida, mais na maioria do tempo achava que não tinha mesmo dado certo.

Quando a médica me disse que tinha dado positivo não acreditava, o resultado foi de 80 mUI/ml, fiquei tão feliz que abracei ela e fui embora com o dia da ultra agendada, nem imaginei que poderia ser um resultado baixo, e ela também não falou nada.

No dia seguinte começou a descer uma borrinha marrom, liguei e me disseram que era normal e aumentaram a progesterona, mais nos dias seguintes foi aumentando e junto uma cólica tipo de menstruação.
Repeti o Beta e estava 130 mUI/ml, não tinha aumentado significativamente, sinal de que os embriões não se desenvolveram.

Depois de 2 semanas realizei a ultra e nem sinal dos meus já "bebezinhos", logo depois desceu normalmente.
Fiquei muito triste, mais nem de perto o que eu vivo hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página