quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

2ª Consulta

Hoje foi mais um dia importante, depois de 7 meses fiz um ultrassom e está tudo bem, posso reiniciar o meu tratamento de fato, ufa! estava com friozinho na barriga rsrss...

Comecei a tomar Primogyna 1 mg - 6 comprimidos/dia, é para preparar o endométrio para transferência dos meus embriões congelados (meus bebezinhos lindos rsrs..).

Estou tentando viver um dia de cada vez, sem tentar adivinhar o futuro, não me preocupar.

São conselhos da minha terapeuta, ela diz que eu tenho que viver o presente, ter projetos e sonhos sim, mas com o pé no chão e com o que eu tenho de real e no momento.

Confesso que não é nada fácil, a ansiedade tá sempre tentando me dominar.

Mas com tudo que já passei, sei que tenho que fazer minha parte, claro, mas tudo depende da permissão de Deus, e eu tenho fé e confio Nele.

Volto na clínica semana que vem, pra acompanhar com ultrassom se o medicamento tá fazendo sua parte direitinho.



Beijos Meninas!

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Nomes???

Muitas mulheres já sabem que nome vão dar a seus filhos antes mesmo de engravidarem, algumas já decidiram desde criança quando brincavam de boneca e colocavam nela seu nome preferido.

Eu acho muito difícil, gosto de vários nomes, só que quase todas minhas tias, primas, amigas, colegas de trabalho engravidaram antes e colocaram os meus nomes preferidos, já estou ficando sem opção, preciso ter meus bebês logo rsrss..

Ontem a noite comentei com meu marido que já tinha decidido o nome se for menino e ía ficar faltando só decidir se for menina, aff.. não é que vi uma conhecida minha hoje, ela me contou que está grávida e que vai colocar o nome que escolhi, não aguentei falei AAAHH!! NÃO, MEU NOME NÃO, quando vi já tinha falado, mas ela não ficou chateada não, afinal ela nem sabia que eu gostava do nome, e quem já está grávida é ela, eu ainda tenho que lutar pra conseguir, tenho fé que vou conseguir.

É muito bom sonhar, imaginar, fazer planos pra esses bebês que já são tão amados. Quando eles vierem, quero estar mais preparada, quero me dar o direito de acreditar que vou conseguir, que vai dar tudo certo.

Pros meus primeiros bebês quase não fizemos planos, o medo de perder era tão grande que fiquei um pouco paralizada, anestesiada, sei lá. Eu e meu marido até pensávamos em algumas coisas, como qual carrinho comprar se modelo de gêmeos ou não, se íam dormir no quarto com a gente, em alguns nomes, mais acreditem, eu tinha medo até de escolher os nomes, "céus" como fui tola e supersticiosa.

O do menino já tínhamos decidido, o da menina estávamos em dúvida e fui decidir mesmo na hora mais sofrida, minutos antes deles nascerem quando a pediatra perguntou como eles iriam se chamar, hoje acho os nomes mais lindos do mundo, só que não vou poder colocar os mesmos, e também não sei se colocaria, são outros bebês né.

Tem me feito bem pensar em meus futuros bebês, sempre fui muito negativa, e cada vez mais tenho tentando ser pelo menos um pouco mais otimista, confesso que não é fácil, várias vezes no dia me pego pensado, será que vou mesmo conseguir ter filhos? Gestar de novo, amamentar, cuidar, educar, amar.

Ahh! como eu desejo ser mãe.

Li que a gente pode escolher ter MEDO ou ter FÉ, dessa vez vou escolher ter FÉ.



"Meus filhos anjinhos como eu os amo! Amo tanto que o coração dói, fiquem em paz até que um dia a mamãe e o papai possam ir estar com vocês."

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Marido tá que tá...

Marido ontem: Nossa! hoje já é quarta-feira.
Marido hoje: Nossa! hoje já é quinta-feira.
Marido amanhã (com certeza rss..): Nossa hoje já é sexta-feira.
Isso porque falta mais de um mês,  kkkk...

Ele deseja ter filhos tanto quanto eu, e também é ansioso (não tanto quanto eu rsrs..).
É muito bom compartilharmos esse sonho junto, mesmo que nossos filhos não sejam gerados da forma natural, com certeza serão gerados do nosso amor, ele sempre diz que somos almas gêmeas, um fofo!




Ganhei esse mimo de uma amiga minha, e quiz compartilhar com vocês!
Bjss...

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Novo Tratamento

Semana passada tive o meu tão esperado retorno no centro de reprodução humana, já começaram as medicações pra receber os meus "congeladinhos".

Começo com:
  • Azitromicina 1000 mg - 1cp
  • Cloridrato de Ciprofloxacino 500 mg - 1cp
  • Tinidazol + Nitrato de Miconazol - creme vaginal por 7 dias
  • Tâmisa 30 - por 21 dias
Retorno após menstruar, lá pelo dia 1º de fevereiro.

Estou tentando relaxar, ficar calma, mais a ansiedade e a expectativa são quase iguais a da primeira vez.

Mais sinto que estou superando as fases, como já disse antes achava que eu nunca ficaria grávida, e graças a Deus fiquei.

Agora me sinto um pouco mais tranquila em questão a conseguir engravidar, afinal já gerei dois "anjinhos", e ver a semelhança física deles comigo e com meu marido foi mágico, foi naquele momento que eu realmente vi que era possível ser mãe, que eram nossos bebezinhos, pedacinho de nós, foi o momento mais maravilhoso da minha vida.

Com certeza vou ter muito medo de perder, natural, mais também vou superar esse obstáculo com a graça de Deus. Vou tomar mais cuidado ainda, e os médicos também vão ficar mais atento e previnir para que não aconteça nada de ruim.

É incrível como sinto a presença dos meus bebês, eles não estão em meus braços, mais estão no meu coração e nos meus pensamentos, converso com eles o tempo todo e isso me faz bem.

Não tenho seguido nenhuma religião, por alguns motivos e até "desculpas", mais a minha fé é inabalável, mesmo tendo acontecido o que aconteceu, sei que não foi porque Deus "quis", no sentido de querer nosso sofrimento, Ele apenas permite que a vida siga seu percurso e vai nos dar o entendimento no momento certo.

Uma ótima semana para todas!!!
Bjss... Bjss... Bjss...


"Confiança para não cair,
  Força para levantar,
  e fé em Deus para continuar."

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Feliz Ano Novo!

Estou aqui ansiosa para retomar o meu tratamento para ser mãe e me perguntando: o que tenho feito pra aumentar as minhas chances? Quase nada, apesar da minha terapeuta em todas as sessões dizer que se tem uma coisa que está ao meu alcance é levar uma vida saudável, me alimentando bem e ficando longe de tudo que possa me fazer mal. E não tenho feito, mais vou fazer, a partir de agora.
A gula tem sido um refúgio nesses últimos anos, principalmente nesses meses, e junto com a ansiedade são as piores inimigas da infertilidade.

Meu Ano Novo começa agora e pra ele desejo muitas coisas boas.
  • A primeira claro, é ser mãe de novo rsrss...
  • Que meus filhos nasçam fortes e saudáveis (só consigo pensar no plural rsrs..).
  • Me tornar uma pessoa melhor, mais doce, meiga, alegre, carinhosa e paciente.
  • Definitivamente deixar de ser amarga, grossa, estúpida e ignorante com as pessoas, ninguém tem culpa de as vezes eu estar infeliz (isto tem me agustiado muito).
  • Fazer alguma coisa pra me sentir mais bonita e atraente (o marido vai adorar rsrs).
  • Exterminar 15 quilos que há tempos me assombra (um pouco antes de engravidar e o resto depois que tiver bebês).
  • Controlar meus gastos e minha compulsão.
  • Ler, ouvir e praticar mais a palavra de Deus.
  • Ser mais presente para a minha família.
  • Muita saúde e paz pra toda a minha família e amigos, que tanto amo.
E com todo o meu coração desejo que este ano de 2012 seja o meu Ano da Vitória.

Seja o nosso Ano da Vitória, querida amigas e futuras mamães.

"Aprendi com as primaveras a me deixar cortar e voltar inteira".

Total de visualizações de página