sábado, 18 de agosto de 2012

NÃO ao medo

Oi meninas, tá cada dia mais difícil vir aqui, primeiro eu estava sem internet, agora deu um problema na ligação, ou eu uso a internet ou o marido assiste a tv, as duas são a cabo, e já viram homem com controle remoto na mão né, sem chances rsrss..
Mais de sábado ele trabalha e eu não rsrss.. então deixa eu aproveitar.

Mudando de assunto, esses dias tenho pensando naquele meu medo de não conseguir ser mãe, e sabe que ele está cada vez mais fraco, graças a Deus, pois sempre que sinto esse medo mudo meu pensamento rapidinho, lembrando sempre daquela frase "dessa vez não vou ter medo, vou ter fé".

Quando fiquei grávida do gêmeos, sentia muito medo todos os dias, só pensava nisso, nem curti direito a gravidez, e hoje quando paro e penso vejo que de nada adiantou, que me deixei interferir por influências ruins. Eu sentia um amor tão grande e incondicinal por eles, era tudo tão perfeito que eu não conseguia acreditar que eu tinha conseguido, tipo parecia bom demais pra ser verdade.

Mais agora meu coração vai sempre pensar diferente, independente do que aconteça, se vou ou não conseguir, se vou ou não segurar meu filho vivo e saudável nos braços, depende da minha fé, da minha confiança e do meu amor por Deus.
E eu acredito, com todo o meu coração, que agora Deus vai permitir que eu seje mãe, pois só Ele sabe de todos os meus sentimentos e intenções, e Ele tem me preparado pra pra ser mãe, eu sinto, sei que depende de mim, mais sei que Ele está sempre segurando minha mão.
Só Ele sabe o quanto eu já amo meu filho, e é o amor que sempre vai prevalecer.

Obrigada meu Deus por tudo!
Filhos a mamãe ama tanto vocês, ama pra sempre!








Beijinhoss.. e bom fim de semana!


segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Afastada

Nossa que saudades desse cantinho!

Estive esses dias afastada por dois motivos, primeiro porque a internet aqui de casa simplesmente resolveu que não ía mais funcionar aff!
O técnico acabou de sair daqui de casa e já vim correndo pra ver as novidades rsrss..

Segundo que estive afastada do serviço, eu tenho lordose e escoliose, em um grau pequeno, mais acho que são responsáveis pela minha intensa dor lombar, ainda estou com dor mais volto a trabalhar quinta-feira, e espero que essa dor passe logo, meu limiar de dor é o mínimo possível, já fui muito forte e resistente a dor, hoje em dia qualquer dorzinha é uma tortura.

Um grande beijo a todas e logo vou visitar o cantinho de cada uma pra saber das novidades!





Total de visualizações de página